Estou pronta para pintar e a procurar uma parede!! Listras, quero listras. Porque acrescentam altura, largura, interesse. Porque são alternativas práticas para dar importancia a uma parede. Para inspirar você a fazer suas listras e depois chutar para cá, vai aí o trabalho da Mallory, do blog-leio-todo-dia: Classy Clutter.

Veja como ela fez suas listras AQUI . Algumas dicas, eu deixo depois das fotos.

Qual a graça?

 

Toda linda.

Dicas:       1 - Ambiente que você queira com aparência de “mais largo” = Listras horizontais; 2 - Para ambintes que você gostava que fossem mais altos = Listras verticais; 3 - O segredo do sucesso está na marcação das listras, jamais fixe a fita sem antes ter marcado com um lápis o seu caminho [ bem fraquinho, este traço...], 4 - Tire as medidas de toda a parede e determine o meio [horizontal ou vertical], conforme a direcção das suas listras; 5 - Comece sempre por marcar a listra do meio da parede ** ; 6 – Use fita cola específica para pintura, da melhor qualidade que encontrar e fixe-a muito bem, muito bem mesmo; 7 - Use um pincel com pouca tinta, para dar a 1ª mão de tinta, junto às listras; Use sempre a tinta com a menor diluição possível para evitar que escorram; 8 - Espere que a tinta seque perfeitamente, tanto entre uma mão de tinta e outra, quanto para a retirada da fita, ao final do trabalho; 9 - tenha sempre prontos um pincel fino e um pouco de tinta de cada cor, em pequenos pires, para retoques eventuais após a retirada da fita-cola.

** Para que suas listras fiquem bem posicionadas, verifique que o ponto de referência para a medida seja o tecto, o piso ou a parede do lado, em melhor estado de alinhamento. De preferência use um “nível”, aquele instrumento que os homens da construção usam e que tem uma bolha   d´agua que mostra se a superfície está bem alinhada.

 

 

Esta entrada foi publicada em pintura e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado